terça-feira, 20 de abril de 2010

Água no relógio

Quando eu lavo a alma, eu perco a noção do tempo. Mas que pena, no tempo empoeirado ninguém toca.
Outra noite eu decidi lavar a alma, aceitando a proposta mais insana do meu corpo. Ele quer que eu me desligue do tempo, mas isso é impossível, já que as marcas dele me seguirão pelos resto do meus dias.
Meu relógio está cheio d´água, mas isso não enferruja o tempo representado pelos ponteiros frenéticos do segundos, que gritam incansavelmente que o tempo não para.
Estamos todos, com exceção das pedras, sujeitos a ver os dias escorrerem pelos dedos das mãos, sem que nada os impeça.
A vida é um grande sonho, uma bela visão de algo que em seu todo não é nada perfeito.
A vida é uma passagem, uma curta visita a um paraíso chamado mundo real.
Por um minuto estamos todos aqui, desprendidos no tempo, sem que nada nos apresse de viver, e em outros segundos estamos querendo beber os dias como se fossemos sedentos em meio a um deserto.
Diz a lenda, que é possível fazer o tempo parar. Eu sonho com esse dia. Não tenho pressa de ver o amanhã. O futuro é um rosto que não enxergamos de longe, e uma certeza que não veremos de perto.
Por hora, os olhos ansiosos pelo próximo nascer do sol, não se dão conta de que é no amanhã que vemos o nosso passado, mas nunca o futuro.
O sol da vida já nasceu para mim por 21 vezes, mais de duas décadas, e eu me lembro como se fosse ontem, do dia em que percebi o quão é maravilhoso estar viva.
No tabuleiro da vida, o que está em "xeque" é a felicidade. Nesse jogo ninguém sabota, apenas é sabotado.
Não me canso de sentir prazer ao ver meu relógio parado, é só uma doce ilusão de que o tempo não existe eu sei, mas não custa nada tentar sabotar o jogo.

5 comentários:

  1. 21 vezes? tu tá velha, heim, Maria?

    ResponderExcluir
  2. Escuta, tu mesma se segue duas vezes em teu blog? Isso é carência?
    E pq tu tem que aprovar meu comentário para ele sair?

    ResponderExcluir
  3. é, ouve um erro na contagem! Foram mais de 21 vezes... estou velha mesmo...

    ResponderExcluir
  4. Isso não é carência querido Edgar, é erro de comando, ou não saber onde dar os clicks ou coisa parecida... coisa de iniciante.

    ResponderExcluir
  5. Amiga adoro o jeito como vc expõe seus sentimentos...
    Daiana Saraiva

    ResponderExcluir